Na semana passada participei de alguns cursos no meu trabalho, e uma frase dita pelo organizador me deixou muito reflexiva, e sempre que penso no que ele disse, consigo corrigir algumas ações ou pensamentos.

Ele disse que precisamos sempre pensar se estamos fazendo escolhas nos baseando em nós mesmos ou em outras pessoas. A frase dita assim não surtiu grandes efeitos em mim, mas depois ele me explicou o que quis dizer, me dando alguns exemplos.

Ele me disse que quando eu deixo de fazer um bom trabalho porque eu acho que não serei reconhecida, eu não estou tomando uma decisão me baseando no que eu quero fazer, e sim na ação de terceiros. Quando eu chego pontualmente no trabalho somente para não ser punida (ou chego atrasada porque ninguém vai saber), eu estou terceirizando a minha decisão.

Durante o dia penso em várias situações onde eu deixo outras pessoas tomarem decisões por mim. Quando eu deixo de ir a algum lugar por causa se alguém, quando deixo de usar uma roupa porque talvez as pessoas achem que ela é feia, os exemplos são infinitos.

O ponto chave é perceber que somos responsáveis por todas as escolhas da nossa vida, e quando damos a responsabilidade dela a alguém, essa também foi uma escolha nossa. E que nem sempre essa terceirização é tão óbvia e perceptível. Pense em algumas escolhas que sofreram a interferência de terceiros, sem que eles tenham dito nada.